Reflexões

Necessidades e desejos

Autor:

Ao chegarmos ao fim do ano, sentimos a necessidade de fazermos um balanço de nossa vida em todas as suas dimensões. Sempre fica um montão de propósitos a realizar, sempre pensando em melhorar. Isso é fundamental em nossa existência. É bom que seja assim.

Segundo a psicanálise, o ser humano constrói sua vida pautada por duas linhas existenciais, a linha da aspiração e a linha da aptidão. A linha da aspiração é vertical. É tudo que desejamos ser e ter. A linha da aptidão é horizontal. É tudo que podemos ser e ter. Pode-se montar um gráfico da nossa vida a partir destas duas linhas. E um ser humano integrado é aquele que procura aproximar o máximo possível estas duas linhas. Quanto mais distantes as duas linhas estiverem uma da outra, tanto mais desintegrados podermos ser.

Aqui merece uma explicação. As nossas aptidões são a base material de nossa vida. É a nossa capacitação que precisa sempre ser aprimorada. As nossas aspirações são os nossos desejos mais profundos que precisam permanentemente ser canalizados.

A religião trabalha com as aspirações das pessoas, mas sabe que necessita trabalhar também a dimensão da aptidão, contribuindo na qualificação das capacidades e potencialidades humanas.

O comércio e o mercado exploram os nossos desejos, nossas aspirações, criando, por meio da propaganda, inúmeros desejos, mas não se preocupam tanto com as necessidades reais das pessoas. Daí a necessidade de permanente vigilância.

Quem melhor nos ajuda na reta direção de nossos desejos é Jesus Cristo, ao nos propor a busca pelo Reino de Deus e sua justiça em primeiro lugar, conscientes de que tudo mais de que necessitamos nos será dado pelo Pai dos bem aventurados.

E como contribuição nesta reflexão, um poema de Carlos Drummond de Andrade sobre os desejos de Ano Novo.

deus-sonhou-com-voce-fe-em-jesusQuem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.


 Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente.


 Para você, desejo o sonho realizado. O amor esperado. 
A esperança renovada
 Para você, desejo todas as cores desta vida. Todas as alegrias que puder sorrir, todas as músicas que puder emocionar. 



 Para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente para repassar o que realmente desejo a você.

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, rumo à sua felicidade!

Que em 2015, Jesus e seu Evangelho tenham a liberdade de entrar em nossos desejos, purificando-os e transfigurando-os a partir das lições do presépio que armaremos em nossos corações e nossos lares.

Pe. Nelito Dornelas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido